Economia

Foto: Fernando Campos

Empresários dos sindicatos patronais ligados a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins - Fieto, reuniram-se na manhã desta quinta, 29, para discutir as primeiras ações para implementação do Conselho Temático de Assuntos Legislativos. No encontro, foi debatida a composição dos membros do Conselho, regimento interno e as estratégias de atuação.

Para o gerente da Unidade de Defesa dos Interesses Industriais da Fieto - Unidef, Jairo Mariano, a formação do Conselho vai contribuir para melhorar o canal de comunicação junto aos parlamentares, atuando no monitoramento dos projetos de leis e dando subsídios para os parlamentares analisarem questões ligadas ao setor industrial. Segundo Jairo, a formação do Conselho é uma realização oriunda das demandas apresentadas pelos sindicatos e caracteriza-se como um fórum de discussões no qual os segmentos empresariais irão propor medidas que contribuam para o pleno desenvolvimento do setor produtivo do Estado do Tocantins, atuando de forma ativa, articulada e alinhada com os interesses do setor industrial.

O empresário e presidente do Sindicato da Indústria da Madeira e do Mobiliário - Simam, Tiago Ferreira, observa que a formação do Conselho é uma oportunidade para os empresários discutirem assuntos voltados para os anseios de cada segmento e contribuir para o desenvolvimento do Estado.

A reunião contou com a participação do Sindicato das Indústrias Gráficas - SIG, representada pelo seu presidente Sérgio Tavares, do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico - Sime, por meio de seu presidente, Emilson Vieira Santos, Sindicato das Indústrias de Reparação de Veículos, Máquinas, Aeronaves e Acessórios - Sindirepa, representado pelo empresário Samuel Viera, da vice-presidente do Sindicato das Indústrias de Confecções - Sicon, Lylyane Mota Amaral, do representante do Sindicato das Indústrias dos Produtos Minerais Não Metálicos – Sipmme, Henrique Anselmo, além do corpo jurídico da Federação, do chefe de gabinete da Fieto e equipe técnica da Unidef. (Ascom Fieto)