Estado

Foto: Divulgação
  • Siqueira Campos firmou cinco acordos de cooperação com empresas e órgãos espanhóis para o desenvolvimento do Estado

Ao finalizar a missão oficial tocantinense na Espanha, o governador Siqueira Campos revelou estar muito otimista em relação à concretização de acordos e convênios firmados em Madri. Ao falar a empresários espanhóis, pediu aos secretários empenho no intuito de materializar obras, projetos e parcerias discutidas e encaminhadas durante os dias que esteve em Madri, acompanhado por comitiva de secretários de Estado, representante de instituições e empresários. “Saio daqui com uma grande expectativa, mas eu tenho pressa. A nossa gente tem pressa. Precisamos fazer as coisas o mais rápido possível. Temos que decidir sobre esses acordos o quanto antes, para seguirmos no caminho do desenvolvimento”, declarou, na última sexta-feira, 25, durante reunião com empresários na sede dedicada aos assuntos empresariais da Embaixada do Brasil em Madri. O local foi transformado em uma espécie de gabinete provisório do Governador, que atendeu separadamente diversos dirigentes e representantes de grandes grupos empresariais do país.

A partir de agora, segundo ele, a meta é aprofundar as conversações. “Já reequilibramos o Estado. Agora precisamos insistir na fase do crescimento para corresponder às expectativas, às necessidades de seu povo. O tocantinense precisa ser respeitado na sua dignidade, tendo programa de emprego, renda, construção de moradias, rede hospitalar à altura da sua necessidade e transporte urbano nos três grandes polos do Estado”, declarou.

Acordos e parcerias

Na estádia de oito dias na Europa, Siqueira Campos assinou cinco acordos na modalidade de termos de cooperação, convênios ou protocolo de intenções com empresas e instituições públicas, como o Ministério da Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente. Além disso, manteve contato diretamente com diretores ou representantes de dezenas de grupos empresariais dos mais diversos setores, como construção, serviços, agricultura, energia limpa e logística. “Nossa meta é fazer parceria com aqueles que dominam tecnologia”, declarou. Entre os destaques da missão estão termos de cooperação para implantar sistema de metrô de superfície em Palmas, construção de hospitais, iniciativas voltadas ao desenvolvimento rural, gerenciamento e preservação de parques estaduais, cultura e gestão pública.

A missão na Espanha, entretanto, não gerou apenas protocolo de intenções. Há garantia, por exemplo, de implantação de projeto de energia solar que deve ter aporte de R$ 130 milhões no Estado. Há ainda avançada conversação para que indústria de telas e painéis de LED instale uma filial no Estado.

Em diversas intervenções feitas aos espanhóis, o governador fez questão de garantir o cumprimento de acordos. “O que for contratado será cumprido. Vocês tenham certeza disso. E nós temos muita coisa para fazermos juntos”, declarou, ao ressaltar a credibilidade e retorno que tem tido de várias instituições financeiras internacionais.

E, por mais de uma vez, também parabenizou autoridades e empreendedores pela tecnologia empregada em vários setores como segurança, transporte e resíduos sólidos, por exemplo. “Fiquei realmente impressionado. São tecnologias que proporcionam resultados práticos, simples e eficientes. A ousadia, a capacidade de superação do espanhol deve ser exemplo para o nosso povo”, disse.

Homenagem

Outro momento importante da missão foi a homenagem feita pelo Congresso dos Deputados da Espanha a Siqueira Campos pela luta que resultou na criação do Tocantins e relação de cooperação que mantém com o país europeu. O governador foi classificado como “grande homem que transformou sonhos em realidade para benefício e prosperidade do povo”. (Secom)

Por: Redação

Tags: Missão Oficial, Siqueira Campos