Polí­tica

Foto: Divulgação

O Partido Progressista confirmou, na manhã desta sexta-feira, 8, a data para a convenção municipal para definir sua candidatura à Prefeitura de Palmas nas eleições deste ano. De acordo com o PP, a reunião será realizada próximo dia 16 no auditório da Assembleia Legislativa.

Desde o final do ano passado, o PP já vem destacando sua vontade de lançar candidatura própria na capital do Tocantins no pleito de 2012. Para tanto, o presidente regional da legenda, deputado federal Lázaro Botelho, conta com o empresário Carlos Amastha, que já vem se movimentando nos bastidores em busca de alianças para viabilizar sua candidatura efetivamente.

Até o início, o empresário liderava um grupo suprapartidário que vinha discutindo assuntos que mexiam com a estrutura e a realidade econômica de Palmas. Após as discussões minguarem, o empresário optou por lançar sua pré-candidatura ao Paço Municipal.

Dos partidos que compunham o grupo liderado por Amastha, alguns ainda continuaram aliados ao empresário, como é o caso do PSB e do PCdoB, que tem constantemente se sentado com o PP para discutir a candidatura. O primeiro partido, no entanto, ainda enfrenta uma disputa interna entre o ex-reitor da Universidade Federal do Tocantins, Alan Barbiero e o deputado estadual Wanderlei Barbosa pela vaga de candidato.

A única certeza, por enquanto, é a vontade do empresário em disputar a eleição deste ano. Em conversas informais e em reuniões partidárias, Amastha tem deixado claro que pretende encabeçar uma chapa e não ser coadjuvante rechaçando, inclusive, uma possível candidatura a vice-prefeito.