Saúde

Foto: Marcos Vinícius

A Secretaria Municipal da Saúde de Palmas entrega à comunidade a Academia ao Ar Livre da Quadra 1203 Sul, nesta quarta-feira, 15 de agosto, às 17 horas, na praça Central da Quadra 1203 Sul.

A inauguração contará com a presença do prefeito, Raul Filho, do secretário da Saúde, Samuel Bonilha, de representantes de segmentos organizados da sociedade e população.

A academia tem como objetivo incentivar trabalhadores, idosos, e comunidade em geral, a praticarem exercícios e melhorar a qualidade de vida. “Essa é a quinta academia que entregamos à população para incentivar a prática regular de atividade física, para previnir  doenças e melhorar a autoestima dos usuários do SUS”, explica Samuel Bonilha, gestor da pasta.

Equipamentos

A Academia ao Ar Livre é composta por 10 equipamentos de baixo impacto físico, de fácil utilização, para prática de exercícios de leve intensidade, como: remada sentada, alongadores, simulador de caminhada, multiexercitadores e outros.  Além desta, outras quatro academias já estão instaladas nas quadras 303 Norte, 108 Sul e 906 Sul e  no Jardim Aureny III.

Destaque

Pesquisa Vigitel do Ministério da Saúde (MS), divulgada este ano, aponta Palmas como a capital com o menor índice de pessoas adultas com excesso de peso (37%). Palmas está entre as quatro primeiras capitais brasileiras com o maior percentual de pessoas adultas praticando atividade física regularmente  (34%).

Segundo a fisioterapeuta Tiemi Kojo, responsável pela Área Técnica de Promoção da Saúde da Semus, os índices positivos também são reflexo do incentivo dado às comunidades beneficiadas com as academinas já instaladas desde 2010.

Para a coordenadora de doenças não-trasmissíveis, Patrícia Nomellini, o principal objetivo do projeto de instalação de academias ao ar livre nas quadras da  Capital é diminuir as chances da população de desenvolver fatores de risco para doenças crônicas, que associados ao sedentarismo, predispõem a população ao desenvolvimento de diabetes, hipertensão arterial e à obesidade, a doença do século XXI, segundo Organização Mundial de Saúde (OMS). (Ascom Sesau)