Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato a prefeito pelo PT em Porto Nacional, Paulo Mourão declarou abertamente nesta sexta-feira, 21, seu apoio ao candidato do PP em Palmas, Carlos Amastha. “Sou simpático à candidatura de Amastha pela capacidade gestora dele. Palmas precisa de alguém com este nível intelectual”, frisou.

Mourão seria o primeiro petista de peso a declarar apoio para Amastha nestas últimas semanas de campanha já que na capital o partido apoia oficialmente a candidata Luana Ribeiro.

O petista já fala em planos administrativos em conjunto com Amastha caso seja eleito. “Amastha tem capacidade de implantar um modelo novo de gestão e junto com ele podemos montar um consórcio de municípios para gerar desenvolvimento já que o Estado não vem tendo este compromisso com os municípios ao redor de Palmas. É preciso inovar”, cogitou. Antes da campanha Mourão chegou a criticar várias vezes a atual gestão da capital.

Questionado se acredita que o PT deve também ter mais abertura ou até aderir à candidatura de Amastha, Mourão salientou que seu posicionamento é pessoal. Porém nos bastidores outros nomes do PT e inclusive candidatos a vereadores da legenda estariam também demonstrando simpatia pela candidatura de Amastha.

De acordo com a segunda rodada da pesquisa Ibope na capital encomendada pela TV Anhanguera, Amastha lidera a disputa com 47% das intenções de voto contra 30% do pevista Marcelo Lelis. Luana, que é apoiada pelos petistas, apareceu no Ibope com apenas 7%.

Em Porto Nacional, Paulo Mourão disputa a prefeitura com Otoniel Andrade (PSDB) e Cleiton Maia do PMDB.

2010

A declaração de apoio de Mourão a um candidato que não é apoiado pelo partido lembra a disputa estadual de 2010 quando o prefeito de Palmas, Raul Filho, não apoiou Paulo Mourão para o Senado e chegou até a pedir votos para o então candidato João Ribeiro do PR que era inclusive da chapa majoritária adversária.