Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato a prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) recebeu nesta quinta-feira, 04, o apoio de 40 entidades que representam cerca de 5 mil de pequenos produtores rurais da zona rural de Palmas. Na ocasião, os produtores entregaram a Amastha um documento onde afirmam que as propostas de Amastha são as melhores para o segmento.

“Tomamos essa decisão em conjunto, analisando as propostas. Queremos que o homem do campo tenha mais atenção, incentivos do poder público e que tenhamos acesso facilitado à Secretaria de Agricultura, o que não acontece hoje. Acreditamos que o Amastha tem condições de realizar uma gestão diferenciada, conhecemos as suas propostas e escolhemos o melhor para a nossa cidade”, destacou Francisco Ribeiro de Sousa, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Palmas.

Na ocasião, Amastha agradeceu o apoio e parabenizou o grupo pela forma democrática com a qual tomam as decisões. “Parabéns por não se permitirem dividir, pois vocês são muito fortes juntos, decidindo e agindo em conjunto em prol de todos”. E completou, “me lembro quando estivemos aqui na primeira vez para receber as reivindicações e apresentar as nossas propostas e de forma muito tranqüila eu me comprometi em sempre manter o diálogo aberto com todos vocês. Hoje recebo com muita honra esse importante apoio e reafirmo o compromisso de ser parceiro de cada produtor rural”, disse.

Entre as dificuldades enfrentadas pelos pequenos produtores, a presidente da Associação de Mulheres do Projeto de Assentamento Sítio, Ermínia Ribeiro destaca, “temos uma grande dificuldade de ter acesso à água, pois não há nenhum córrego no assentamento e não temos condições de construir um açude ou perfurar um poço. Se tivéssemos parceria com o poder público municipal essa historia poderia ser diferente, já que todos que vivem lá sobrevivem do trabalho na roça e para isso precisamos muito de água”.

Segundo a assessoria do candidato, todas as entidades que participaram da declaração de apoio a Amastha são  ligadas à Centralpar- Central das Associações de Produtores Rurais de Palmas e Região e à FETRAF- Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Tocantins.(Com informações da Assessoria)