Polí­tica

O secretário de Governo da gestão do pepista Carlos Amastha, na capital, será Tiago de Paula Andrino, que foi coordenador político na campanha. A informação foi confirmada ao Conexão Tocantins por uma fonte nesta quarta-feira, 10. Tiago compõe ainda a equipe de transição formada por Amastha em conjunto com o deputado Wanderlei Barbosa (PEN) e o também deputado e vice-prefeito eleito Sargento Aragão (PPS).

Thiago explicou em entrevista ao Conexão Tocantins  que já faz o papel de articulação política e busca contato com os vereadores eleitos para intensificar e acompanhar as movimentações principalmente no que diz respeito à eleição da nova mesa diretora da Casa de Leis. O novo secretário, que já foi liderança do movimento estudantil,  é natural de Minas Gerais, morava em Florianópolis onde já concorreu à uma vaga na Câmara.

O prefeito eleito Carlos Amastha pretende fazer o primeiro contato com todos os vereadores eleitos nesta quarta-feira para cumprimentá-los pelo êxito nas urnas. A articulação política do pepista já começa a tentar buscar aliados na Casa de leis já que o grupo do vencedor das urnas elegeu apenas três vereadores dos 19.

A intenção de  Amastha é fazer uma reforma administrativa na nova gestão principalmente nas secretarias onde fontes garantem que Aragão e Wanderlei terão sim cotas de indicação, afinal foram os únicos políticos com mandato que apoiaram Amastha. O PCdoB também deve ter espaço na nova gestão.

Amastha já se reuniu com o prefeito Raul Filho (PT) que colocou todas as secretarias à disposição da equipe de transição com o intuito de repassar dados e informações sobre a gestão. O pepista já anunciou que pretende indicar a jornalista Raquel Oliveira para a Secretaria Municipal da Comunicação, que será recriada na nova gestão, e o presidente da Associação dos Maranhenses, Mamédio para a pasta de Inclusão Social que será recriada.

Outro nome que deve integrar a nova equipe de governo é o coordenador de transição, Adir Gentil.