Economia

Durante a tarde desta última quarta-feira, 31, na sala de reuniões da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Tocantins – Fecomércio, foi fechada a convenção coletiva do comércio 2012/2013. Após um consenso coletivo foi firmado o novo piso salarial que passa a ser R$ 695 reais.  Já o índice geral de reajuste foi de 7,5%, mesmo percentual acordado em 2011. Participaram da rodada de negociações, o presidente da Fecomércio, Hugo de Carvalho, e os representantes dos sindicatos laborais e patronais do comércio no Estado. 

A Convenção Coletiva desse ano foi fechada antes da data-base e isso beneficiará os empresários, conforme explica o consultor jurídico da Fecomércio Tocantins, Vinícius Caetano. “A convenção, instrumento que trata dos direitos e deveres dos empregados e empregadores, esse ano foi discutida e selada antes da data base, portanto, as mudanças não trarão transtornos aos empresários, pois eles não irão efetuar pagamentos retroativos”, afirmou.  

Para o presidente da Fecomércio Tocantins, Hugo de Carvalho, a convenção coletiva é um instrumento que auxilia o empresário. “A negociação da convenção, junto aos sindicatos, permite discutir e estabelecer as cláusulas econômicas e sociais da relação entre empregado e empregador, que por fim minimizam os conflitos trabalhistas. Em geral, nós buscamos um acordo que fique bom para ambas as partes, não prejudicando assim nem o colaborador, nem o empresário”, explicou Carvalho.  

A convenção coletiva do comércio 2012/2013 já foi encaminhada para o registro no Ministério do Trabalho e Emprego. A vigência dessa convenção é do dia 01 de novembro de 2012 a 31 de outubro de 2013.