Polí­tica

Foto: Koró Rocha

O deputado do PR, José Bonifácio voltou a se referir ao prefeito eleito de Palmas, Carlos Amastha (PP) na sessão da tarde desta quarta-feira, 12, na Assembleia Legislativa após discussão sobre corte de R$ 100 milhões da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

O parlamentar se referiu ao deputado estadual e vice-prefeito eleito Sargento Aragão (PPS) ao dizer que ele estaria pensando em renunciar ao cargo de parlamentar. “Vai ser vidraça misturada com estrangeiros e xenofobia e secretários importados de Santa Catarina”, disse sobre a futura gestão.

O parlamentar além de insinuar que maioria dos auxiliares de Amastha será de Santa Catarina criticou a composição do governo. “Quando ver o sotaque de Santa Catarina o povo vai ficar com ódio da invasão estrangeira e catarinense”, afirmou. Não foi divulgado ainda a composição do governo de Amastha.

José Bonifácio disse ainda que Aragão poderá ser cobrado no futuro por fazer parte da administração de Amastha e poderá vir inclusive a renunciar ao cargo de vice. “O Aragão haverá de pegar cada pedra na vidraça”, frisou.

Este ano o deputado gerou polêmica em abril também em sessão ao dizer que a então candidatura de Amastha, que é brasileiro naturalizado, á prefeitura de Palmas significava uma invasão estrangeira em Palmas. A declaração do parlamentar foi analisada como uma atitude xenofóbica. “Eu tenho uma língua que é uma praga tudo que eu falo acontece”, disse.