Estado

Foto: Divulgação

Uma Medida Provisória está sendo preparada pelo governo estadual para ser encaminhada para a Assembleia Legislativa no intuito de realizar a reforma administrativa que a atual gestão está preparando.

O secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos afirmou ao Conexão Tocantins nesta sexta-feira, 21, que apenas o governador Siqueira Campos poderá revelar e detalhar como ficará a reforma. “Quem fala sobre reforma é o governador. Os estudos estão sendo feitos há 45 dias mas só ele fala a respeito deste assunto”, disse.

Com relação a especulações divulgadas sobre o assunto e que cogitam a extinção de pelo menos quatro secretarias da atual estrutura, Eduardo comentou que não nega nem confirma. Segundo o secretário, todas as alterações que serão feitas não vai engessar o trabalho de nenhuma pasta ou área do governo. “Nós vamos ter menos dinheiro na atividade fim e mais dinheiro na atividade meio. Nenhuma política será suprimida”, conta.

Segundo informações de bastidores pelo menos quatro pastas seriam extintas e seriam anexadas a outras. A da Cultura, Habitação, Ciência e Tecnologia e também Juventude e Esporte seriam as cogitadas para extinção. O Dertins seria também tirado da estrutura e passaria a integrar a pasta da Infra-Estrutura.

A pasta da Cultura funcionava junto com a Educação mas assim que Siqueira começou a atual gestão desintegrou as pastas. Há a possibilidade das duas voltarem a funcionar na mesma estrutura junto também estaria a parte de esporte. A pasta da Indústria e Comércio, comandada por Paulo Massuia, passaria a comandar também a Ciencia e Tecnologia. A Setas, que tem Agimiro Dias a frente, receberia também a juventude.