Campo

Foto: Divulgação

Técnicos da Seagro – Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário- farão a colheita de abacaxi do projeto de experimento da Fazenda Roncador para ser analisado pelo Laboratório de Análise de Alimentos da UFT – Universidade Federal do Tocantins. A coleta ocorrerá na manhã desta terça-feira, dia 22, na propriedade localizada no município de Aparecida do Rio Negro.  

A área de experimento é resultado de uma parceria entre a Seagro, Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias – Mandioca e Fruticultura de Cruz das Almas – BA e Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com o propósito de analisar o comportamento das espécies na região. O estudo é comandado pela Embrapa-BA, que cultivou seis novos híbridos e está comparando com três variedades já conhecidas: o pérola (tradicional), smooth cayenne (havaiano) e o BRS Imperial (desenvolvido pela Embrapa).

De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Vegetal da Seagro, José Américo Vasconcelos, neste momento será feita a colheita apenas dos frutos que estão no ponto de consumo. “Os frutos coletados serão encaminhados para análise e a estimativa é concluir a pesquisa em cinco meses”, informa.   

Dados

O Tocantins colheu na safra 2011/2012 cerca de 45 milhões de frutos da variedade pérola, em uma área de 1,5 mil hectares. Devido aos bons preços, a previsão para a Safra 2012/2013 é que haja um aumento de 10% na área cultivada. (Ascom/Seagro)