Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Preocupada com as questões ambientais, Palmas  disse sim ao movimento global de conscientização ecológica e de combate às mudanças climáticas, conhecido  mundialmente como a Hora do Planeta. Segundo o gerente de Projetos e Políticas Ambientais, da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo, Diêverson Martins dos Reis, Palmas é a quinta Capital brasileira a aderir ao movimento.

“Isso demonstra que Palmas é uma cidade consciente, pois a  Hora do Planeta é um ato simbólico contra o aquecimento global, quando no mundo todo governos, empresas e a população demonstram suas preocupações com o meio ambiente, apagando as suas luzes durante sessenta minutos”, frisou Martins. 

A mobilização acontece neste sábado, 23, das 20h30 às 21h30. E para promover a adesão de mais pessoas ao movimento, a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo realizará  diversas atividades  no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, antes do apagar das luzes. Promovida pelo Social Pedal Club, as atividades começam com passeio ciclístico que sairá do Parque Cesamar, às 19 horas,  e seguirá   até a Avenida Palmas Brasil, com retorno para o Espaço Cultural. 

No Centro de Criatividade haverá apresentação de vídeo oficial do evento  com a presença do  secretariado e do prefeito,  Carlos Amastha. Em seguida, exatamente às 20h30, serão  desligadas todas as luzes do Espaço Cultural, dando início à Hora do Planeta. Logo em seguida, haverá  apresentações  artísticas, com o Palmas Hip Hop (com grupo de cinco pessoas) Fundação Fé e  Alegria (grupo de dança com 12 competentes) Maculelê, Dança do Fogo e Capoterapia (Instituto PROCEAC). (Secom Palmas)