Meio Ambiente

Foto: Divulgação As atividades da Hora do Planeta começarão com um passeio ciclístico As atividades da Hora do Planeta começarão com um passeio ciclístico

Preocupada com as questões ambientais, Palmas  disse sim ao movimento global  de  conscientização ecológica e de combate às mudanças climáticas, conhecido  mundialmente como a Hora do Planeta. A mobilização acontece no sábado, 23, das 20h30 às 21h30.

E para promover a adesão de mais pessoas ao movimento, a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo realizará  diversas atividades  no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, antes do apagar das luzes. Promovida pelo Social Pedal Club, as atividades começam com passeio ciclístico que sairá do Parque Cesamar, às 19 horas,  e seguirá   até a Avenida Palmas Brasil, com retorno para o Espaço Cultural. 

No Centro de Criatividade haverá apresentação de vídeo oficial do evento em seguida, exatamente às 20h30, serão  desligadas todas as luzes do Espaço Cultural, dando início à Hora do Planeta. Logo após, haverá  apresentações  artísticas, com o Palmas Hip Hop (com grupo de cinco pessoas), Fundação Fé e  Alegria (grupo de dança com 12 competentes), Maculelê, Dança do Fogo e Capoterapia (Instituto PROCEAC).

Hora do Planeta

A “Hora do Planeta” é uma atitude simbólica que acontece nas principais cidades do mundo a favor do planeta Terra e contra as emissões de poluentes. O ato é apagar as luzes em data e hora pré-determinada durante uma hora.

A “escuridão” é uma maneira de chamar a atenção da sociedade e das autoridades do mundo a respeito do aquecimento global. Vale lembrar que grande parte dos países do mundo gera energia elétrica a partir da queima de combustíveis fósseis como o carvão, gás e diesel.

A “Hora do Planeta” é um projeto da ONG WWF (“World Wildlife Fund”), sendo implantado pela primeira vez em 2007, em Sidney, Austrália. Em 2008, 371 cidades de 35 países começaram a participar do evento. Em 2009, o evento aconteceu no dia 28 de março, e pela primeira vez, o Brasil participou apagando as luzes das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Rio Branco, Belém, Porto Alegre, Curitiba, Manaus, Goiânia, e demais cidades como Itajaí (SC), Ouro Preto (MG), Juazeiro do Norte (CE), entre outros. (com informações http://www.infoescola.com/ecologia/hora-do-planeta/)

A capital do Tocantins aderiu à Hora do Planeta em 2010 e em 2011 a Prefeitura de Palmas, através da Secretaria de Meio Ambiente  e Serviços Públicos (Semasp), realizou uma serie de atividades relacionadas à preservação do meio ambiente.

Passeio Ciclístico

Para quem quer unir prática saudável e consciência ambiental, terá uma boa oportunidade com o passeio ciclístico em comemoração a “Hora do Planeta”. Além deste simbolismo da  comemoração,  a ideia, segundo os organizadores, é incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte 100% ecológico, instrumento de lazer e integração social,  promovendo hábitos mais saudáveis, como pedalar.

Ainda de acordo com os organizadores, o evento mobiliza todos os perfis de usuários e simpatizantes da bicicleta que acreditam ser possível, em uma cidade como Palmas, incorporar conceitos e comportamentos de convivência pacífica entre ciclistas, motoristas e pedestres, como também reuni os esforços da sociedade em torno de um transporte sustentável e não poluente.

Os organizadores pedem aos participantes que utilizem os equipamentos de proteção (Capacete, luva; garrafa d'água) e obedeçam a distância mínima a ser respeitada para qualquer ciclista  1,5m, para garantir um pedala bem segura, pede os organizadores.

Grupo Social Pedal Club 

O grupo de amantes da prática do pedal foi criado em 2012, em Palmas, se reúne semanalmente, e conta com ciclistas de todos os níveis: iniciante, médio e avançado.  Entre as atividades promovidas pelos seus membros, estão: circuito anual de passeios envolvendo trilhas e viagens, cadastro de ciclistas, ações junto ao Governo e criação de calendário de eventos.