Campo

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria Municipal de Produção, em parceria com o Sistema de Produção Integrado (SPI Confinamento), promove no próximo sábado, dia 13, um encontro técnico com pecuaristas da região para divulgar as vantagens da silagem do capim Mombaça na engorda de bovinos. O evento começa às 7 horas da manhã, no SPI Confinamento, localizado na BR-242, quilômetro 383, na rodovia que liga Gurupi à Peixe.  

O secretário Pedro Dias informa que a intenção deste encontro é também mostrar que o pasto com capim Mombaça compensa bastante na hora da silagem,  pois o custo é menor e a lucratividade e qualidade são maiores. “Mesmo plantado em uma pequena área, o produtor consegue ter bons rendimentos durante todo o ano”, explica. 

Sobre o Capim

O Capim Mombaça (Panicum maximum cv. Mombaça) é uma gramínea que forma touceiras com até 1,65 m de altura e folhas quebradiças. Os colmos são levemente arroxeados. As folhas possuem poucos pêlos na face superior e as bainhas são glabras, mas ambas não apresentam cerosidade. A inflorescência é do tipo panícula semelhante à do capim-colonião comum.

Características agronômicas 

Como a maioria das cultivares de capim colonião, o Mombaça requer solos de média a alta fertilidade para um bom e rápido estabelecimento, bem como para cobertura total do solo. No entanto, os resultados obtidos até o momento demonstram que esta gramínea é mais eficiente na utilização do fósforo disponível. Na Amazônia Ocidental, os rendimentos de matéria seca estão em torno de 15 a 20 t/ha/ano. Em parcelas sob cortes mecânicos, o capim Mombaça produziu 130% mais que o colonião comum e 28% mais que a cultivar Tanzânia-1.