Polí­tica

Foto: Divulgação

 Em defesa a administração municipal durante a sessão desta terça-feira, 23, o vereador e líder do governo Joel Borges (PMDB) afirmou que a mesma enfrenta os problemas de frente e que não há corrupção no governo. “Defender o governo não se trata de ser líder ou não, se trata de entender que a gestão caminha bem”, ressaltou o vereador.

Segundo Joel Borges a cidade tem problemas, pois caso não houvesse o prefeito Carlos Amastha poderia ir para casa, assim como seus secretários. “O que se deve perguntar é se esta administração está enfrentando os problemas e é isto que tenho visto”, disse ele, exemplificando com dados da Dengue, que de acordo com o vereador nos últimos três meses já é possível observar redução nas notificações. “Isto são dados e não conversa”, afirmou.

Outro assunto abordado pelo vereador foi com relação ao levantamento das áreas doadas pelo município às igrejas. “Aqui já foi dado meu posicionamento anteriormente, sou a favor da regularização e não da retomada de áreas construídas”, disse ele, observando que muitos colegas parlamentares parecem ser contra o levantamento que a Prefeitura está realizando. “Não podemos fechar o olhos contra as irregularidades”.

Ele esclareceu que o levantamento que está sendo realizado é em todas as áreas institucionais. “Há áreas que não se tem a ideia para instituições que nem são conhecidas, então existe a necessidade de regularização”, disse o Joel Borges.

O vereador acredita que a maioria das igrejas estão dentro da legalidade e como evangélico afirma a importância do papel social da igrejas dentro da sociedade e na parceria com o poder público. (Ascom)