Polí­cia

O Sindicato dos Trabalhadores nos Correios informou nesta terça-feira, 30, sobre mais uma tentativa de assalto desta vez na agência dos Correios de Palmeiras do Tocantins. Os assaltantes não levaram nada da unidade, porque a fechadura do cofre  não abriu mas foram cerca de 45 minutos em que os funcionários da unidade estiveram sobre a ameaça dos bandidos, sofrendo pressão psicológica.

 “Como deu problema na hora de abrir por isso não levaram dinheiro, os funcionários ficaram refém por quase uma hora”, disse o presidente do Sindicato ao Conexão Tocantins, José Aparecido Rufino.Os bandidos, conforme o Sindicato, chegaram a afirmar que voltariam para terminar o que começaram.

 “Pedimos mais uma vez que sejam denunciadas pelos colegas a falta de segurança que os nossos funcionários estão submetidos”, afirmou o presidente. Somente neste mês foram cinco assalto a agências dos correios conforme números do Sindicato.

 “Dentro de um ano são mais de 70 dentre assaltos e sequestros. Falta segurança nas agências ainda mais que todas funcionam também como agências bancárias”, frisou o presidente.Rufino mencionou um inquérito do Ministério Público Estadual onde pede a instalação de portas giratórias e segurança armada em todas as agências.