Estado

Foto: Divulgação

Em cerimônia realizada na tarde desta terça-feira, 06, no Salão Negro do Ministério da Justiça, em Brasília, o Tocantins aderiu ao Programa “Crack, é possível vencer”, do Governo Federal. 

Representando o governador Siqueira Campos, o vice-governador João Oliveira assinou o pacto, e juntamente com sete estados da federação e 18 municípios espalhados pelo Brasil com população acima de 200 mil habitantes, o Tocantins entrou na lista dos governos que buscam parceria para a efetivação de ações contra às drogas. 

Para o vice-governador, o crack é um problema social e esta ação do Governo Federal,  por meio do Ministério da Justiça, é mais uma forma de combate. “O governo também vai intensificar estas ações no interior, desta forma é nossa prioridade absoluta combater o uso dessa droga no Estado. Assim vamos promover  a cidadania e a valorização do ser humano”, afirmou Oliveira, durante a solenidade de assinatura.

O secretário de Defesa Social e presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas, Nilomar dos Santos Farias, falou da importância de trabalhar de forma sintonizada com o Governo Federal. “Com a adesão, o Estado terá apoio do Governo Federal nas ações preconizadas no programa, nos eixos da prevenção, cuidado e autoridade”, afirmou. 

A Secretaria Estadual de Defesa Social (Seds) solicitou a adesão ao programa em junho de 2012. Segundo a diretora do Departamento de Ações sobre Drogas, Magda Valadares, com a adesão, o Estado assume o papel de intermediador entre municípios e Governo Federal. “Incentivaremos os municípios tocantinenses a buscarem ações que estão dentro dos eixos do programa, uma vez que para a adesão do programa por completo é necessário que o município tenha mais de 200 mil habitantes”, afirmou.