Estado

Foto: Divulgação

As obras de construção do terminal de logística de carga (Teca) do Aeroporto de Palmas/Brigadeiro Lysias Rodrigues (TO), iniciadas em abril de 2013, já chegam a 25% de execução física. Com investimentos de R$ 3,55 milhões, os serviços seguem dentro do cronograma previsto pela Infraero, sendo que o prazo de conclusão das obras é de 300 dias. 

Até o momento, entre as ações já realizadas, foram erguidas as pilastras para sustentar a estrutura e delineadas as áreas que servirão para as três docas de movimentação de cargas previstas no projeto. A construção do complexo logístico, que operará inicialmente com a movimentação de cargas nacionais, contempla a instalação de uma edificação modular com 500 m² de área de armazenamento, que poderá ser alterada e ampliada dependendo da demanda. Além disso, o armazém contará com sala de atendimento ao cliente, alojamentos para funcionários e espaços administrativos e estacionamento de caminhões com seis vagas. 

Atualmente, os volumes movimentados em Palmas são processados diretamente pelas empresas aéreas, que utilizam parte do porão dos voos comerciais para transportar carga aérea. Com a instalação do Teca, essa movimentação poderá se expandir consideravelmente, possibilitando, por exemplo, a operação de aeronaves cargueiras nos processos logísticos do terminal, com o potencial para impulsionar a movimentação de volumes no aeroporto.

“A instalação do terminal de cargas possibilitará ao estado do Tocantins um posicionamento estratégico para a distribuição de produtos ao Centro-Norte e o Nordeste brasileiros”, pontuou o superintendente do aeroporto, Afrânio Mar.