Estado

Foto: Divulgação

A partir do próximo dia 1º, mais 312 candidatos aprovados no Concurso do Quadro Geral do Estado poderão tomar posse na administração estadual. Ao todo, este ano, 3.304 convocações foram feitas pelo governo dentro do concurso do Quadro Geral, contribuindo para que o Tocantins atinja a marca de 71% de servidores efetivos. A lista com as novas nomeações está publicada no Diário Oficial do Estado nº 3939, de 15 de agosto.

Segundo o governo, com os atos de nomeação assinados pelo Governador Siqueira Campos, a administração pública do Tocantins atinge a marca de mais de 71% de servidores efetivos, maior número já registrado, conforme a Secretaria de Estado da Administração (Secad). De acordo com números da pasta, entre dezembro de 2010 e julho deste ano, o número de servidores efetivos cresceu 22%, saindo de pouco mais de 32 mil três anos atrás e chegando a mais de 36,8 mil registrados em julho de 2013. “Este foi um dos concursos mais bem elaborados no Estado. Nunca houve tantos servidores efetivos no Tocantins”, ressaltou o secretário de Estado da Administração, Lúcio Mascarenhas.

Em termos percentuais, os números também apontam para uma substituição gradativa de servidores contratados e comissionados por efetivos. Se em 2010 o total de comissionados e contratados atingia mais de 58%, atualmente este número não chega a 30%. De acordo com o secretário, se forem excluídos os servidores em cargos Auxiliar Serviços Gerais (ASG), para os quais não há concurso e que trabalham nos serviços gerais da Educação, o percentual de comissionados e contratados fica em torno de 18,3%. “Isso significa que neste período, enquanto o número de servidores efetivos subiu 22%, o número e comissionados e contratados teve redução de 56%, excluindo os ASG”, frisou o secretário.

Novos servidores

Para o publicitário Roberto de Miranda Batista, aprovado no cadastro reserva para o cargo de Analista de Comunicação e um dos 312 nomeados nesta quinta-feira, 15, o concurso público é a garantia de mercado de trabalho para quem já passou dos 40 anos. Ele frisou que a segurança do cargo público é um atrativo para ingressar nos concursos. “É uma segurança profissional. Se você é empregado, você pode ser demitido e se é empregador, fica a mercê de um mercado de trabalho competitivo”, destacou.

O técnico em Tecnologia da Informação Silas Ferraciolli Corrêa também passou no concurso do quadro geral para um cargo em sua área de atuação. Segundo ele, mesmo com a estabilidade garantida no setor público, a meta é continuar se aperfeiçoando. “A estabilidade é importante, mas ela é também uma porta que se fecha, se o cara se permitir acomodar”, pontuou.

Procedimentos
Na Secretaria de Estado da Administração (Secad), em Palmas, o atendimento para posses é realizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

Os convocados podem agendar a posse através do site da Secad (www.secad.to.gov.br), mas o procedimento não é obrigatório. Os que quiseram se dirigir aos guichês de atendimento sem o agendamento prévio será atendidos normalmente a partir do dia 1º de setembro. (Com informações da ATN)

Por: Redação

Tags: Lúcio Mascarenhas, Quadro Geral, Secad