Polí­tica

Foto: Divulgação

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) confirmou ao Conexão Tocantins que o secretário de  Transparência e Controle, João Lira Braga Junior pediu para deixar o cargo. “Ele pediu para sair e eu aceitei o pedido dele”, frisou.

Um dos mais próximos do prefeito, Lira deixa a pasta após a polêmica na contratação da empresa Terra Clean, responsável atualmente pelos serviços de coleta de lixo na capital. O motivo seria o desgaste por causa do relatório da contratação da empresa. O prefeito já vai começar a analisar o substituto de Lira mas frisou que ainda não tem prazo para definir o novo nome. "Vai ser uma escolha tranquila", disse.

A Prefeitura de Palmas divulgou hoje que atendendo as recomendações constantes do Relatório de Fiscalização vai instaurar procedimento interno de Tomada de Contas para apuração de eventual irregularidade, impropriedade ou ilegalidade na contratação da empresa.

O secretário tem vasta experiência na área, coordena o Núcleo de Excelência da Gestão Pública no Tocantins bem como atuou na implantação do modelo de excelência em Gestão Pública em instituições como Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Polícia Federal, Polícia Militar do Tocantins entre outras instituições do Poder Executivo Estadual.