Economia

Foto: Divulgação

A análise dos números do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) no mês de agosto apontou queda de 5,5% no número de consultas em Palmas, na comparação ao mesmo período do ano passado, conforme dados divulgados pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas (CDL).

No mês de agosto de 2012, o número de consultas feitas pelo comércio de Palmas ao SPC foi de 45.941, enquanto que no mesmo período deste ano, a quantidade de consultas caiu para 43.410, uma diferença negativa de 2.531 consultas. 

O SPC e os órgãos que avaliam a economia tomam os números de consultas a crédito como base para avaliar a oscilação do consumo no comércio. Quanto maior o número de consultas, maior o volume vendido. Quando os números são negativos, avalia-se que houve queda nas vendas.

Inadimplência

A quantidade de pessoas que pagaram suas dívidas e retiraram seus nomes do cadastro de inadimplentes caiu 10,6% no mês passado em Palmas. Já o número de registros no cadastro do SPC chegou a 17.279, um aumento de 18,6% na comparação com o mesmo período de 2012.

"Os dados revelam que o mês de agosto foi ruim para o comércio de Palmas. Ao mesmo tempo em que tivemos queda nas vendas, aumentou a inadimplência e houve uma redução do número de pessoas que deixaram a lista de devedores. A economia precisa ser reaquecida por meio de ações no comércio e na renegociação de dívidas”, avalia a presidente da CDL de Palmas, Cleide Brandão. (Ascom CDL)