Polí­tica

Foto: Divulgação

O Partido dos Trabalhadores começa a se articular com as lideranças populares, políticas, trabalhadores, do setor produtivo e de serviços dos municípios tocantinenses que vão receber a Caravana Popular – Encontros pelo Tocantins. O projeto que vai percorrer os 139 municípios do estado inicia por São Miguel, cidade onde o ex-presidente Lula em 1994 também iniciou a Caravana da Cidadania no Tocantins, dando voz à população e a oportunidade a diversos segmentos da sociedade de participar da construção de um programa de governo para o Estado.

A primeira etapa da Caravana começa no dia 04 de outubro e vai percorrer cerca de nove municípios da região do Bico do Papagaio, no Norte do estado. As lideranças locais já começaram a ser consultadas e se preparam para ajudar a construir um projeto que fará do Tocantins um estado forte e democrático.

De acordo com o presidente do PT, Donizeti Nogueira, os dirigentes petistas já estão se organizando e mobilizando a sociedade dos seus municípios para receber a Caravana e construir junto com a comunidade tocantinense um projeto de desenvolvimento econômico e social, que seja de fato popular e participativo.

Já para o petista Nicolau Esteves, com a participação maciça da população na formação de um projeto de governo, executado com planejamento eficiente e uma gestão voltada para as necessidades populares, o Tocantins terá capacidade suficiente para crescer, reduzir as desigualdades e se transformar num estado melhor para viver, trabalhar e prosperar.

Para o ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão, a Caravana Popular é uma oportunidade de conhecer os problemas e potencialidades do Tocantins, buscando construir um projeto para o Estado formulado a partir das necessidades da classe trabalhadora, visando à redução das desigualdades, geração de emprego e o desenvolvimento do Estado que não vem acontecendo, segundo ele,  pela inoperância do atual governo. (Com informações do PT)