Polí­tica

Foto: Divulgação

A assessoria de imprensa do senador Vicentinho Alves informa que, no Tocantins, o parlamentar não pretende ou cogita disputa interna pela liderança do Partido da Solidariedade. “Atuarei como um de seus membros. Apoiamos o deputado Sandoval Cardoso para presidir o partido”, afirma o senador por meio da assessoria.

No Senado, o senador Vicentinho Alves será o líder do Solidariedade na Casa como já foi adiantado pelo Conexão Tocantins. O partido deve receber um número expressivo de prefeitos e até seis deputados estaduais além do vice-governador João Oliveira (PSD).

As filiações começam na segunda-feira, 30. Uma comissão provisória teria sido nomeada para comandar o partido no Estado. No comando estaria o ex-prefeito de Tocantínia e ex-presidente da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM), Manoel Silvino.