Polí­tica

Foto: Divulgação

Um dos nomes mais cogitados para sair do Partido dos Trabalhadores, o ex-prefeito de Palmas, Raul Filho afirmou ao Conexão Tocantins na tarde desta segunda-feira, 30, que decidiu ficar na legenda. “ Sigo firme no PT. Decidi ficar e vamos visitar os companheiros para fazer uma disputa democrática no PED – Processo de Eleições Diretas”, anunciou.

O ex-prefeito, que discorda do atual comando do partido, frisou que apoia o vereador da capital, Waldson da Agesp na disputa pelo comando do partido que acontecerá em novembro. “Apoio o Waldson e vamos juntos buscar a vitória no PED junto aos companheiros, salientou.

A justificativa do ex-prefeito para recusar os vários convites que recebeu de outros partidos seria o posicionamento político de vários deles. “ Os partidos de esquerda no Tocantins estão quase todos aliados ao governo do Estado e tenho minha identidade com o PT”, justificou.

Há muito tempo Raul não participa das atividades partidárias e decisões da legenda e não será com diferente com a Caravana Popular Encontros pelo Tocantins, que começa nesta sexta-feira, 4. A estratégia do ex-gestor da capital é percorrer os municípios junto com seu grupo no partido defendendo a candidatura de Waldson.

Raul conta ainda que seus planos políticos de disputar uma vaga na majoritária no próximo ano passam pela eleição do PED. “ Tenho consciência e a certeza de que para conseguir uma candidatura majoritária precisamos vencer o PED esse ano. Vou colocar meu nome para os companheiros e militância do partido para disputar uma vaga na majoritária no ano que vem. Vou lutar dentro do PT”, disse. O nome do partido defendido para disputar o Governo no próximo ano é o do médico e Secretário de Saúde de Palmas, Nicolau Esteves.

Na eleição do PED o nome defendido pelo atual presidente Donizeti Nogueira é o do ex-prefeito de Couto Magalhães, Julio Cesar Brasil.