Economia

Foto: Divulgação

Com o objetivo de movimentar a economia das cidades do interior do Tocantins e promover o aquecimento do comércio local, as feiras de negócios estão sendo realizadas em diversas regiões do Estado. Em Dianópolis, região Sudeste do Estado, a abertura oficial da 13ª Fenedian – Feira de Negócios de Dianópolis aconteceu nesta última quinta-feira, 10.

Empresários locais, autoridades e parceiros prestigiaram a abertura do evento, que segue até sábado, 12. A estrutura da feira conta com 15 expositores e está montada da Praça Coronel Abílio Wolney. Durante os 3 dias de evento, estão previstos shows culturais, palestras e exposições. A expectativa da organização é de movimentar cerca de R$ 100 mil com a feira.

Na abertura a diretora de Desenvolvimento Econômico, da Sedecti – Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Tocantins, Amália Iser, representou o secretário da pasta, Paulo Massuia, e destacou que a iniciativa do Governo do Estado em apoiar, através do CDE – Conselho de desenvolvimento Econômico do Estado, as feiras e campanhas comerciais este ano, tem como objetivo fomentar a economia local.

A superintendente do Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Márcia Rodrigues, que participou do evento, destacou na abertura que a parceria entre o Governo do Estado e o Sebrae este ano, vem promovendo uma nova forma de realizar as feiras nos municípios. “Os investimentos em 2013 equivalem ao dobro do ano passado e com isso estamos buscando incrementar os negócios e movimentar a economia local”, explicou.

Para o presidente da Acid – Associação Comercial e Industrial de Dianopolis, Werberly de Souza, a realização do evento só é possível graças ao apoio dos parceiros. “O Governo do Estado e o Sebrae garantem que essa seja uma oportunidade dos empresários locais mostrarem seus produtos e lucrarem com a feira”, disse, classificando como excelente este apoio e ressaltando a importância da continuidade desta parceria para 2014.

Após a abertura oficial foi realizada palestra que abordou o tema Compras Governamentais, ministrada pela diretora da Sedecti, Amália Iser. As autoridades presentes e a equipe da Sedecti, também tiveram a oportunidade de visitar todos os estandes da feira, conhecer os produtos expostos e conversar individualmente com os empresários.

Recursos do CDE garantem execução das feiras no Estado

A Sedecti, através do CDE – Conselho de Desenvolvimento Econômico é responsável pela metade do aporte financeiro de R$ 3 milhões que foi oferecido às feiras e campanhas comerciais do Estado. Além do acompanhamento e monitoramento da execução das campanhas, e valorização das potencialidades locais.

O Sebrae entra com os demais 50% dos recursos, além de toda a gestão financeira do convênio e o acompanhamento da execução dos eventos. Cabem às CDLs e às associações comerciais proporem os projetos das campanhas e a promoção e gestão das mesmas.