Turismo & Lazer

A Rota da Iguana, operadora de turismo que atua no Tocantins, é um dos cinco finalistas classificados, na categoria Agências, ao 2º Prêmio Braztoa de Sustentabilidade. Concorrem as agências Andarilhos da Luz, Academia Master, Babylon Búzios, Livre Mundi (nacionais) e Rota da Iguana (TO) e o resultado sai nesta terça-feira, dia 12. O prêmio teve sua primeira edição em 2012 e procura reconhecer as melhores práticas do mercado nacional, que possam contribuir para a promoção do desenvolvimento sustentável do Turismo Brasileiro.

Para a presidente da Agência de Desenvolvimento Turístico (Adtur), Nilmar Ruiz, este é um exemplo de como os empresários operadores de turismo fomentam a  responsabilidade com o meio ambiente e formam novos hábitos na atividade turística, utilizando práticas sustentáveis, que resultem em renda para as comunidades aliado ao bem estar.

Segundo a diretora da Rota da Iguana, Rita Neves, as empresas finalistas do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade passaram por um criterioso processo de avaliação e por uma comissão julgadora com representantes da Organização Mundial do Turismo (OMT), Aliança Global para o Turismo Sustentável (UNEP / ONU), Rainforest Alliance, Panrotas, Mercado e Eventos, Brasilturis, Travelport, Ifaseg Seguros, Price Waterhouse Coopers, jornalista especializada (programa“Caminhos Alternativos” da rádio CBN), e S.O.S Mata Atlântica.

O roteiro dura quatro dias e inclui três regiões distintas do Estado do Tocantins: a região da Barraria no município de Filadélfia, onde encontra-se localizado o Monumento das Árvores Fossilizadas, e o projeto Sabores da Barraria; o Santuário da

Vida Selvagem Água Fria envolvendo os municípios de Presidente Kennedy e Guaraí, e com Palmas como porta de entrada do roteiro.(Ascom Adtur)

Por: Redação

Tags: Adtur, Nilmar Ruiz, Rita Neves, Rota da Iguana