Estado

Foto: Divulgação

A trajetória política do governador Siqueira Campos (PSDB) foi alvo de pronunciamentos na Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 10. O deputado da base, Stalin Bucar (SDD) foi à tribuna onde falou por mais de 10 minutos enaltecendo a trajetória do governador bem como a história da fundação do Estado e das conquistas dos municípios.

Em resposta a Stalin o peemedebista e relator do orçamento do próximo ano, José Augusto Pugliese desqualificou a atual gestão.  “O governador Siqueira Campos não teve visão de ter parado na gestão passada. Essa gestão nesses três anos tem feito a gente imaginar de escrever um manual de como não se governa o Estado”, afirmou. Ele frisou que  nos governos anteriores o Estado tinha 30% da capacidade de investimento e que atualmente esse índice é bem menor.

O deputado criticou ainda a destinação de benefícios por parte da atual gestão. “Os 139 prefeitos não recebem convênios. O dinheiro do Estado está sendo consumido para pagar os funcionários do Estado”, disse afirmando ainda que o povo do Estado não está vendo o resultado dos benefícios. “Não tem uma semana que não recebemos reclamação de vários órgãos. A saúde tem dinheiro mas está na UTI o Detran está aí só aplicando multas”, exemplificou.

Pugliese afirmou também que a perspectiva da oposição é que o Tribunal Superior Eleitoral julgue logo uma Ação proposta pelo ex-governador Carlos Gaguim que pode ser julgada em breve. “A única coisa que posso pedir é que daqui pra quinta-feira  o TSE possa ceifá-lo do poder o mais rápido possível para que a Assembleia eleja o próximo governador”, chegou a dizer.

Após a fala de Pugliese, Bucar retrucou e atacou o PMDB: “Eu passei quatro anos do mandato passado lendo reportagem de imprensa nacional de corrupção do governo que vossa excelência faz parte do partido. O bom era aquele governo?”, ironizou.