Economia

O Natal é a data mais esperada pelo comércio, nesse período as vendas superam qualquer outro evento comemorativo, e por essa razão a Câmara de Dirigentes e Lojistas de Palmas (CDL) está otimista e trabalha com a expectativa de crescimento de 5% em relação ao ano passado (2012). De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio, em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), 91% das pessoas pretendem presentear no Natal, destas a maioria, correspondente a 28,7%, pretendem gastar entre R$ 250,01 a 400,00.

A pesquisa, realizada do dia 18 a 22 de outubro, ouviu 389 pessoas e apontou que o vestuário é a opção que fica em primeiro lugar nos itens procurados para presentear. Outras opções citadas são eletrônicos, celulares e viagens.

De acordo com os dados, 28,7% dos entrevistados pretendem gastar entre R$ 250,01 a R$ 400,00 e 28,4% optaram por de R$ 101,01 a 150,00. Os maiores valores apontados pela pesquisa representa 12,1% dos palmenses que estimam gastar entre R$ 500,01 a 1.000,00 com presentes. Outro dado mostrado foi que as mães são as pessoas que irão ser mais presenteadas, em seguida os filhos e em terceiro os pais.

Para a presidente da Câmara de Dirigentes e Lojistas de Palmas (CDL), Cleide Brandão, "o Natal é a data que mais movimenta o comércio e essa pesquisa veio transmitir conhecimento ao empresário a respeito da intenção de compra dos palmenses, certamente ajudará a aquecer o mercado já que a classe estará mais ciente sobre a real necessidade do consumidor”, informou.