Estado

Foto: Divulgação

Após a cobrança e recado severo do governador Siqueira Campos no último sábado, 15, quando passou o cargo interinamente para o presidente da Assembleia Legislativa, Sandoval Cardoso (SDD), o diretor geral do Detran, coronel Julio Cesar Mamede afirmou ao Conexão Tocantins que não sabe qual o motivo da reclamação do governador.

“Vamos ver se teve algum episódio e o que aconteceu”, frisou. Durante a transmissão de cargo Siqueira cortou o clima de descontração e bom humor e aos gritos deu tapas na mesa e foi incisivo ao reclamar da cobrança de guinchos. O governador não foi específico sobre a que estava se referindo mas garantiu que colocará na rua o servidor que cometer erros.  “Quem fizer guincho de carro eu coloco na rua. Se eu souber que o nosso pessoal está deixando isso continuar a ordem é colocar na rua”, disse. Segundo ele em Araguaína alguns “malandros” (foi o termo que usou) estão fazendo isso.

Mamede comentou que é competência da Polícia Militar tirar os carros que não estão em bom estado de circulação através de guinchos e frisou que há um convênio com o Detran nesse sentido. Questionado se há alguma suspeita de cobrança de taxa indevida ele disse não ter conhecimento e não deu mais detalhes.