Palmas

Foto: Antonio Gonçalves

Devido aos avanços no desenvolvimento da política de planejamento urbano e na aplicação dos instrumentos do Estatuto das Cidades na Capital, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, foi convidado para participar do 61º Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social, que acontece de 26 a 28 de março em Brasília-DF. 

 Amastha será debatedor da mesa de diálogo, “A utilização dos instrumentos do Estatuto das Cidades para a cidade sustentável e a experiência de Palmas/TO”, que será realizada no dia 27 de março. Além do gestor municipal, ainda participa da mesa a representante da Secretaria Nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos do Ministério das Cidades, Carolina Cavalcanti.

 A criação do Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas, a implantação de instrumentos para incentivar a redução na especulação imobiliária e resultados como a ampliação da oferta de terrenos para a contratação de unidades habitacionais e a viabilização do Bus Rapid Transit (BRT) serão alguns dos temas abordados pelo gestor. 

 “Ficamos contentes com o convite e em poder apresentar os avanços que Palmas está vivenciando. É uma ótima oportunidade para também divulgarmos o potencial da nossa Capital”, destacou Amastha. 

Fórum

 O Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social é um evento promovido pela Associação Brasileira de Companhias de Habitação (Cohabs) e Agentes Públicos de Habitação (ABC) e pelo Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano (FNSHDU), com o apoio do Governo do Distrito Federal. Em sua 61ª edição, o evento reunirá as instituições públicas que atuam na política habitacional, e os grandes formuladores da política habitacional do país.

 No evento, ainda serão premiadas doze instituições com o prêmio Selo de Mérito que tem como objetivo estimular e difundir as experiências bem sucedidas desenvolvidas pelos órgãos públicos estaduais e municipais no âmbito da habitação de interesse social e desenvolvimento urbano. (Com informações da Comunicação ABC)

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Impup, Prefeitura de Palmas