Polí­tica

Foto: Divulgação

A indignação de alguns eleitores e líderes do Tocantins ecoam nas redes sociais desde o anúncio da organização da eleição indireta mas se intensificam nesses dias que antecedem o pleito. Três movimentos idealizados e difundidos na internet convocam os eleitores para manifestação na frente da Assembleia no dia quatro.

O primeiro movimento foi o “Eu Quero ser Governador” criado pelo jornalista Gilvan Noleto e que teve muita repercussão nas redes sociais. Esta semana foram criados o Movimento Grito de Liberdade e o Novo Tocantins que também se prepararam para com cartazes e carros de som protestarem contra a situação política do Estado.

Segundo informou os organizadores em carta aberta à Imprensa “o movimento Novo Tocantins tem por objetivo mobilizar o povo do Tocantins para defender nossos direitos, depois de sermos traídos pelo governador do Estado, em quem foi confiado o comando do estado para governar e sua única ação foi a grata renuncia em favor dos seus projetos familiares. Articulação esta que conta com o apoio dos deputados estaduais e prefeitos”, disse.

O Movimento alega ainda que a classe política se uniu em torno de um projeto de poder que lançará o Tocantins a um caos e profundas instabilidades políticas, administrativas e sociais

Veja a íntegra da nota:

CARTA ABERTA AO POVO DO TOCANTINS E AOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO

O movimento Novo Tocantins tem por objetivo mobilizar o povo do Tocantins para defender nossos direitos, depois de sermos traídos pelo governador do Estado, em quem foi confiado o comando do estado para governar e sua única ação foi a grata renuncia em favor dos seus projetos familiares. Articulação esta que conta com o apoio dos deputados estaduais e prefeitos.

A classe política se uniu em torno de um projeto de poder que lançará o Tocantins a um caos e profundas instabilidades políticas, administrativas e sociais. O movimento Novo Tocantins lança seu primeiro ato de combate a politicagem no Tocantins, um grande ato de manifestação marcado para o dia 04 de Maio, as 9 horas da manhã, em frente a Assembleia Legislativa. Neste mesmo horário estará ocorrendo no plenário da Assembleia o "golpe indireto". É chegado o momento de descobrirmos quem são os deputados que foram eleitos para representar e defender o povo e quem foi eleito para representar e defender seus interesses de poder e de seu grupo político.

O movimento Novo Tocantins convida toda a população em geral e todas as entidades que representam as mais diversas classes do Tocantins para unirmos forças e combater a arcaica política Tocantinense através do grande ato de manifestação contra o golpe indireto.

Segue o perfil do nosso evento no facebook https://www.facebook.com/events/651637921580086/

Movimento Novo Tocantins

Palmas-TO