Polí­tica

Na véspera  da eleição indireta que escolherá o novo governador do Estado várias entidades encaminharam nota em apoio ao Movimento “Eu Também quero votar” que promete levar centenas de pessoas em protesto para a Assembleia Legislativa. “Consideramos esse arranjo político de renúncia, tanto do governador como de seu vice,antidemocrático e precisamos unir forças e combater essa arcaica política, que só trás danos ao nosso povo”, afirma o Movimento.

 A carta tem apoio do Sindicato dos Trabalhadores da Educação – Sintet, bem como do MST, MAB dentre outras entidades.

 Veja a íntegra da carta:

 CARTA DE APOIO AO MOVIMENTO “EU TAMBÉM QUERO VOTAR – NOVO

TOCANTINS”

As entidades abaixo identificadas apoiam o movimento “Novo Tocantins”, que tem por

objetivo mobilizar o povo do Tocantins para defender nossos direitos, depois de sermos

traídos pelo ex-governador do Estado, em quem foi confiado o comando do estado para

governar e sua única ação foi a grata renuncia em favor dos seus projetos familiares.

Com a renúncia de Siqueira Campos, mais uma vez o Tocantins elegerá um novo governador pelo voto indireto, sempre arranjado para defender interesses familiares e de

grupos políticos. Queremos dar um basta a essa política arcaica onde prevalecem apenas

os interesses políticos e de poder, em detrimento dos interesses sociais e coletivos.

Consideramos esse arranjo político de renúncia, tanto do governador como de seu vice,

antidemocrático e precisamos unir forças e combater essa arcaica política, que só trás danos ao nosso povo.

A luta por um Tocantins de fato democrático, que seja de todos, é responsabilidade

de cada um e de cada uma de nós, que somos quem de fato constroem a história desse

Estado.

Somos a favor de uma política renovadora, que o Estado não seja um feudo familiar,

nem que viva sob a égide de aparelhamento de grupos políticos. Precisamos de um novo Tocantins, o novo que possa mudar nossa realidade política, econômica e social e de um Estado que possamos chamar de nosso, dos nossos filhos e das novas gerações, um lugar onde possamos plantar nosso futuro.

Palmas-TO, aos dois dias do mês de Maio de 2014.

Assinam:

SINTET

OESP

CUT

MST

MAB

MMDS

FETAET

GRÊMIO ESTUDANTIL CEM

TIRADENTES