Polí­tica

Foto: Divulgação Pré-candidato ao Senado diz que seu lema é Pré-candidato ao Senado diz que seu lema é "rebeldia tem nome"

O Psol do Tocantins se reuniu e já definiu os nomes que vão disputar na convenção do partido a indicação para a chapa majoritária. A convenção será realizada dia 17 já que o partido pretende lançar chapa puro sangue para o pleito de outubro. Os dois pré-candidatos ao Governo são Joaquim Rocha e o professor Elvio Quirino. Para o Senado os dois nomes colocados são: o advogado Marcelo Claudio e o ambientalista, Rosaldo Santos.

Santos, que é presidente da Associação Botos da Amazônia, visitou a Redação do Site Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 22, e falou um pouco de suas defesas como pré-candidato. “ Já fui candidato a vice-prefeito,  a vereador e a deputado estadual, fui  fundador do PDT  e estou nesse projeto agora para levar o povo ao Congresso nacional”, frisou.

Ele criticou a atuação dos atuais senadores. “ O Tocantins é fraco no Congresso. Conseguem dois mamógrafos e acham que com isso estão ajudando o Tocantins. O Tocantins precisa de mais”, frisou. O pré-candidato deixou claro que sua maior adversária é a senadora Katia Abreu (PMDB) que será candidata à reeleição.  “A rebeldia tem nome, esse é meu lema. Esses nomes que circulam por aí  são nomes já experimentados que já estão vencidos com o tempo. Sou um ambientalista que vou disputar com uma ruralista, a inimiga nº dos ambientalistas”, frisou.

Santos comentou ainda que não teme disputar também com o ex-governador Siqueira Campos, cogitado também para disputar pela coligação do governo. “A idade não permite mais que ele concorra a nada”, disse.