Polí­tica

Foto: Divulgação Deputado criticou mudanças administrativas Deputado criticou mudanças administrativas

O debate político na sessão desta terça-feira, 3, na Assembleia legislativa começou com o pronunciamento do deputado do governo, Stalin Bucar (SD) que exaltou o governador Sandoval Cardoso (SD). “É uma Gestão Nova, moderna dinâmica e vai fazer com que as dificuldades e problemas do Estado sejam atendidos”, disse.

Bucar foi rebatido pelo oposicionista José Augusto Pugliese do PMDB. “O Stalin Bucar coloca governo como a melhor coisa que aconteceu ao nosso Estado acho que a melhor coisa que o governador anterior fez foi renunciar só que o entusiasmo durou pouco porque quem assumiu o governo no primeiro momento tinha todas as condições para fazer diferente para que pudesse assumir e dar um outro tom, uma outra forma de governador mas pelo menos para minha tristeza o que tenho percebido é que o atual governo é o mais do mesmo. Se tínhamos o pior governo aliado dessa historia continuamos com essa avaliação atual crescente”, disse.

Outro assunto criticado pelo deputado foi as mudanças administrativas. “Trocou secretários, ótimo parabéns tinha que demonstrar isso, mas ao mesmo tempo que troca a pratica política é a mesma”, disse. Segundo Pugliese, as contratações voltaram do mesmo jeito que o governo anterior fazia. “Demite-se cabo eleitoral e contrata cabo eleitoral. O interessante é que as obras estão lindas na televisão, as rodovias asfaltadas, as estradas rurais em perfeito estado, os buracos se acabaram mas quando visitamos os municípios nos deparamos com o inverso. Continua a prática de vender o peixe na televisão”, disse o deputado

O deputado Vilmar do Detran, do partido do governador, saiu na defesa do governo. “Deputado o senhor andou muito mas precisa andar mais porque o Estado tem obras nos quatro cantos. Em todas as rodovias que passei está tudo bem”, frisou. Ele falou ainda que a Saúde do Estado está bem e chegou a culpar a imprensa por críticas ao governo. “Quando a imprensa quer denegrir a imagem do governo ela sai caçando um buraco aqui  e outro ali para mostrar para a população”, disse. Ele foi além da defesa e disse que não conhece nenhum cabo eleitoral que esteja trabalhando no atual governo. “ No governo anterior é que tinha e era uma bagunça”, frisou.

Eduardo do Dertins (PPS) também elogiou o atual governo.

As críticas continuaram e o deputado Eli Borges disse que o atual governo está seguindo o que chamou de “velho estilo Siqueirista de ser”. “Lança obras só em ano eleitoral e depois não conclui”, frisou.

Amélio Cayres (SD) também defendeu o governo. “Este Estado nunca atingiu 78% de servidores efetivos e concursados. Hoje o Estado tem apenas 8 mil contratados quando que na gestão anterior era mais de 20 mil”, disse

Também na defesa de Sandoval, Ricardo Ayres chegou a dizer que o governo trabalha até às três horas da manhã.

Do PT, José Roberto Forzani disse que o governo aprovou bilhões em empréstimos para reconstruir a malha viária mas não fez até agora.

O debate continuou por muito tempo e outros deputados continuaram defendendo o atual governo.

Fora da sintonia

O deputado Elenil da Penha (PMDB) fez uma reflexão sobre as discussões políticas e disse que os debates estão muito longe do que a população está pensando e querendo. “ Vejo que aqui discute-se mais política do que políticas públicas, está fora da sintonia do que o povo quer”, frisou.