Polí­tica

Foto: Divulgação Julio Cesar não descarta mudança no roteiro do partido Julio Cesar não descarta mudança no roteiro do partido

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Julio Cesar Brasil, conversou com o Conexão Tocantins na manhã desta segunda-feira, 9, e não descartou possível apoio a candidatura do senador Ataídes Oliveira do Pros para o Governo do Estado. Já o pré-candidato pelo PT, Paulo Mourão, disse que acha pouco provável a mudança de nome.

Segundo Julio Cesar, o nome defendido pelo PT é mesmo o do ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão, mas ele não descartou mudança no roteiro do partido. “Conversamos com o Ataídes, a conversa avançou, ele tem conversa boa e a gente vai estudar as possibilidades de aliança. Então existe sim a possibilidade da gente fazer aliança com o Pros do Ataídes, inclusive levando em consideração a nossa candidatura a governador”, afirmou.

Ainda segundo o presidente, a candidatura de Paulo Mourão pode ser retirada em favor de um projeto que contemple o partido, um projeto alternativo. “O Paulo Mourão é nosso candidato, porque dependendo do cenário a gente vai ter que ir de candidatura própria. A gente não vai retirá-lo a não ser em favor de um projeto que nos contemple e que consiga fortalecer esse projeto alternativo, uma candidatura alternativa para disputar o Estado”, disse.

Julio Cesar ainda disse que também leva em consideração outros candidatos como nomes de peso ao governo e citou Marcelo Lelis do PV e o Marcelo Miranda do PMDB.

Paulo Mourão

O pré-candidato a governador pelo PT, Paulo Mourão também ouvido pelo Conexão Tocantins na manhã desta segunda-feira, afirmou ser pouco provável a mudança de nome dentro do partido para disputa ao governo. “Acho pouco provável isso, o partido está muito envolvido no projeto. Se o PT tomar outro posicionamento, obviamente eles tomarão discutindo comigo. Mas isso não está no nosso conhecimento. A discussão nossa é a candidatura do Partido dos Trabalhadores”, afirmou.

Paulo Mourão defende que todos os partidos tem que continuar com diálogo para construção de uma aliança em busca de um projeto visando, segundo ele, “enfrentar essa situação econômica torta na política do Estado”, disse. 

Reuniões

Segundo o presidente estadual do PT, Julio Cesar Brasil, estão marcadas para acontecerem a partir do dia 14 de junho, cinco reuniões internas do partido, nas macrorregionais do Estado para nivelar informações com as lideranças regionais e tomar decisões de maneira coletiva.

As reuniões acontecerão nos dias 14 de junho em Dianópolis, 15 em Gurupi, 19 em Paraíso do Tocantins, 21 em Colinas do Tocantins e dia 22 em Axixá.