Polí­tica

Foto: Divulgação

O Psol oficializou neste domingo, 15, a candidatura de Elvio Quirino para o Governo do Estado do Tocantins. Em entrevista ao Conexão Tocantins ele rebateu o estereótipo de que candidaturas de partidos pequenos são apenas para fazer volume na disputa. “A população tem razão de criar esse estereótipo porque os candidatos que disputaram as últimas eleições nunca tiveram autonomia de apresentar uma linha propositiva o que dá impressão de que estão alugando as legendas mas conosco é diferente e a população vai ver isso. Entramos para fazer uma candidatura propositiva”, disse.

Elvio que é servidor de carreira da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e mora há 25 anos no Estado acredita que sua candidatura será abraçada pela população. “O eleitor está revoltado mas não quer arriscar em qualquer coisa ele quer segurança”, disse.

Após o lançamento da candidatura com a chapa puro sangue do Psol, Elvio Quirino vai começar a levar seu nome pelo Estado e aposta numa candidatura junto aos cidadãos e movimentos sociais. “Nossa campanha vai ser muito focada no trabalho com o cidadão comum então vamos junto com nosso candidato a senador organizar uma agenda de visitas ao interior do Estado divulgando nossa candidatura”, explicou.

Conforme ele explicou a estratégia  de sua campanha será a realização de caminhadas e reuniões com grupos ligados aos movimentos sociais, sindicatos associações e cooperativas . “O espaço está totalmente aberto como nunca teve na história do Estado. Está na hora de apresentar uma candidatura mais técnica”, frisou Quirino, acrescentando que além de ter doutorado trabalha com mestrado em gestão pública.

O candidato não poupou críticas às outras candidaturas tradicionais do Estado, inclusive as da oposição. “Todos são iguais e tem a mesma origem, escola e visão de gestão pública que é ligada ao Siqueirismo”, disse Quirino, acrescentando ainda: “o trabalho que vamos fazer é profissionalizar a gestão pública do Estado”.

PPL

O PPL também realizou convenção e oficializou apoio ao pré-candidato Ataídes Oliveira do Pros.