Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante a primeira reunião ordinária da CPI do Igeprev realizada na manhã desta terça-feira, dia 17, foi apresentada pelo membro titular da CPI, deputado Zé Roberto (PT), a proposta do plano de trabalho a ser posto em prática durante as atividades da comissão. Já o deputado Sargento Aragão (Pros), também titular, apresentou 11 requerimentos, solicitando informações ao presidente do Igeprev, Francisco Flávio Sales Barbosa e ao Ministério da Previdência Social (MPS).

Entre as solicitações dirigidas ao Igeprev estão as que pedem informações sobre o capital do Instituto; total de recursos disponíveis; total de recursos aplicados; patrimônio atual e a sua evolução, destacando a sua situação em dezembro de 2010, dezembro de 2011, dezembro de 2012 e dezembro de 2013;

As solicitações ao Ministério da Previdência requerem informações urgentes a respeito da situação atual do Igeprev Tocantins, referente a última projeção atuarial do Igeprev; sua regularidade previdenciária; a existência, validade e cumprimento de Termo de Ajustamento de Conduta, eventualmente firmado entre a União e o Igeprev.

Aragão solicita ainda, receber informações a respeito do resultado das auditorias de investimentos realizadas pelo MPS desde 2009, entre elas, as notificações de auditorias-fiscais; demonstrativos financeiros com as informações das carteiras de investimentos do Igeprev desde 2006; demonstrativo das aplicações financeiras dos recursos de 2011 até a presente data.

Entretanto, os requerimentos e o plano de trabalho não puderam ser votados em virtude da ausência dos demais parlamentares na reunião. Estas solicitações deverão ser apreciadas na sessão ordinária da próxima terça-feira.