Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Eduardo Gomes (SD) foi confirmado como candidato a senador na chapa majoritária que será encabeçada pelo governador Sandoval Cardoso (SD) e pelo candidato a vice Ângelo Agnolin (PDT).

Durante a convenção do partido Solidariedade e aliados, Gomes disse que tem orgulho de sua história política. “Posso voltar a todos os lugares por onde já passei, pois lá deixei amigos”, afirmou.

Eduardo Gomes relembrou também do pioneirismo de sua família no Estado e citou também o sentimento por ter seu nome referendado em convenção justamente no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, em Palmas. “É uma emoção muito grande ter meu nome confirmado como candidato a Senador justamente em um prédio que leva o nome do meu pai, o saudoso poeta Zé Gomes, de tanta história no Tocantins”, afirmou.

Gomes disse ainda que sua candidatura foi aprovada pelos delegados e eleitores tocantinenses. “Não precisamos trazer ninguém do Mato Grosso do Sul para confirmar candidatura. Nosso palanque quem faz são os delegados dos nossos partidos e o povo do Tocantins”, frisou.

Já aprovado na convenção para ser candidato a Senador, Gomes afirmou também que os adversários temem a derrota. “Eles estão com medo, pois vamos devolver um gabinete do Senado em Brasília ao povo do Tocantins. Chega de atender só a elite”, emendou.

Eduardo Gomes disse ainda que tem orgulho de sua história ao lado do ex-governador Siqueira Campos, do ex-senador Eduardo Siqueira Campos e o ex-senador João Ribeiro, falecido no fim do ano passado.

O candidato a senador finalizou afirmando que fará uma campanha bonita ao lado de Sandoval. “Vamos tranquilos, defender uma história bonita, respeitando a todos, os tribunais, a Assembleia e o povo do Tocantins”, finalizou.