Meio Ambiente

Foto: Divulgação

O Governo do Estado decretou situação de emergência por risco de desastre ambiental no Tocantins, em decorrência das queimadas e incêndios florestais que costumam se intensificar no período de estiagem. O decreto, publicado no Diário Oficial na última sexta-feira, 27, autoriza a contratação temporária de brigadistas.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Alexandre Tadeu, devem ser contratados 40 brigadistas que atuarão em Palmas, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso, Lagoa da Confusão e Dueré.  “Estamos nos preparando porque o controle de queimadas nessa época do ano tende a ser mais difícil, pelas próprias condições climáticas do Estado”, ressaltou.

O secretário também reforçou que o papel do combate as queimadas é coletivo e recomendou que as prefeituras utilizassem parte dos recursos do ICMS Ecológico para contratação de brigadistas e realização de campanhas de prevenção em seus municípios.

Naturatins

Responsável pela gestão das unidades de conservação do Estado, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), já contratou 60 brigadistas para atuar no Monumento Natural das Árvores Fossilizadas e nos parques estaduais do Cantão, Jalapão e Lajeado. (Ascom/Semades)

Por: Redação

Tags: Alexandre Tadeu