Polí­tica

Foto: Divulgação

A  ministra Miriam Belchior, do Planejamento, comunicou à senadora Kátia Abreu na tarde desta quarta-feira, 2 de julho,  a autorização de recursos da ordem de R$ 10 milhões do governo federal destinados à construção de uma arena esportiva de uma piscina  olímpica  na Capital para a realização dos Jogos Mundiais Indígenas. Os recursos haviam sido solicitados pela senadora Kátia Abreu diretamente à presidente Dilma Roussef e serão repassados por intermédio do Ministério dos Esportes.  A Ministra garantiu à senadora Kátia Abreu que serão empenhados R$ 5 milhões antes das eleições e o restante até o final do ano.

“É a minha resposta às  agressões gratuitas que sofri do prefeito Carlos Amastha feitas no seu discurso na convenção de seus aliados siqueiristas”, disse a parlamentar na tarde desta quarta-feira, ressaltando que não vai mudar a sua determinação em trazer recursos para a Capital e para os palmenses em função de agressões ou provocações políticas do prefeito, agora aliado do Palácio Araguaia.

Os Jogos Mundiais Indígenas serão realizados no próximo ano na Capital. A decisão do Ministério dos Esportes foi tomada após gestões da senadora Kátia Abreu em abril junto ao ministro Aldo Rebelo, a pedido do Comitê Intertribal. Defendendo o projeto apresentado pelo prefeito Carlos Amastha,  Kátia pediu, ainda, à presidente Dilma Roussef que Palmas se torne a sede definitiva dos jogos mundiais indígenas que devem receber no próximo ano mais de dois mil atletas de cerca de 30 países. A senadora já esteve, também, com o presidente do Sebrae nacional no sentido de viabilizar uma grande feira de artesanato indígena durante o evento.