Economia

Foto: Antônio Neves

A nova Nota Fiscal Eletrônica começa a vigorar a partir da próxima sexta-feira, 1º, por isso, os contribuintes prestadores de serviços e empresários têm até esta quinta-feira, 31, para fazer o cadastramento junto a Secretaria de Finanças de Palmas. Na manhã desta quarta-feira, 30, técnicos da Sefin ministraram capacitação para cerca de 500 pessoas entre empresários e profissionais do ramo de contabilidade.

De acordo com o secretário Cláudio Schüller, a Sefin está aberta para atender as solicitações de treinamento,  trazendo o novo sistema grande benefício para a administração e consequentemente para a comunidade. “A nova nota fiscal eletrônica acaba sendo muito mais fácil por ser totalmente automatizada e no mesmo momento que ela é gerada, a Prefeitura e o requisitante já têm conhecimento. Sem contar a praticidade, uma vez que ela pode ser solicitada de qualquer lugar, dia e horário”, ressalta.

Capacitações

Visando preparar o empresariado para o novo serviço, durante todo o mês de julho, os diretores da Secretaria de Finanças, em parceria com as entidades de representação de classe como: Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas (CDL), Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), Sindicato da Construção Civil (Sinduscon), entre outras; realizaram uma maratona de treinamentos como forma de apresentar a nova fermenta aos contribuintes prestadores de serviço e empresários.

Para o contribuinte que não participou dos treinamentos e tiver dúvida no momento de preencher o cadastro, a Sefin está disponibilizando um canal de comunicação, através do e-mail nfe.sefin@palmas.to.gov.br.

Segundo dados da Sefin, cerca de cinco mil pessoas devem fazer uso do serviço, deste total, 2.700 já se cadastraram. Quem não fizer o cadastramento dentro do prazo, pode ser solicitado posteriormente. A solicitação é simples, basta preencher a ficha Cadastramento Eletrônico de Contribuinte  (CEC), disponível no link da Nota Fiscal, apresentar o CeC e os documentos  exigidos. Após cumprir os requisitos o contribuinte deve aguardar pela aprovação da Secretaria de Finanças e a liberação da senha que vão juntos no e-mail do solicitante.

De acordo com o secretário executivo, João Marciano,  até se familiarizar com o novo sistema algumas dúvidas podem surgir, mas ele garante que a nova ferramenta vem para revolucionar a prestação de serviço.  “Hoje as declarações são feitas com a vinda das empresas até a secretaria. A ideia do sistema é esta, desvincular essa vinda das empresas até a Secretaria, dando mais autonomia e facilidade para os contribuintes”, destaca Marciano. (Secom Palmas)