Polí­tica

Foto: Débora Carneiro

O governador Sandoval Cardoso (SD), da coligação “A Mudança que a Gente Vê”, realizou uma reunião política na noite desta última segunda-feira, 8, em Palmeirópolis. Segundo a Polícia Militar, cerca de 3.500 pessoas estiveram no local. O evento contou com a presença de lideranças políticas e religiosas da região.

Sandoval iniciou sua fala destacando suas ações como governador em seus cinco meses de mandato e lançou críticas contra Marcelo Miranda. “Em sete anos ele não fez e agora diz que vai fazer? Quem está fazendo sou eu”, afirmou declarando ser ficha limpa.

Em relação à busca de investimento para o Tocantins, Cardoso comentou que os governos passados utilizavam apenas 9% da capacidade de financiamento do Estado. “É o Estado onde menos usa”, alegou ao destacar o Rio Grande do Sul, segundo ele, o estado que mais cresce e utiliza 100% da capacidade de financiamento. Sandoval declarou que está montando uma equipe técnica para criar a Secretaria de Captação de Recursos para conseguir trazer mais investimentos para o Tocantins.

Apesar de conduzir a campanha com uma proposta de mudança, Sandoval ainda é visto com uma forte ligação com o ex-governador Siqueira Campos. “É conversa de adversário”, alegou Cardoso. “Ele mesmo (Siqueira) entendeu que é um momento de abrir uma nova frente, de novos políticos, de novas ideias para o Tocantins. Se ele quisesse dar seguimento teria colocado o filho dele, teria utilizado do poder para eleger de forma indireta”, afirmou.

Sobre o asfalto da rodovia que liga Palmeirópolis à cidade de Minaçu/GO, Sandoval afirmou que obra será iniciada ainda este ano, mas não confirmou a data. “Está em licitação e licitação não tem data de finalização. O que é importante é a população saber que o recurso está garantido”. Cardoso alegou que a licitação já está em fase terminal, mas alguma empresa pode entrar com recurso e com isso atrasar os trâmites.

Também estiveram no palanque o candidato a vice, Ângelo Agnolin, o candidato a senador Eduardo Gomes, o deputado estadual Ricardo Ayres e os candidatos a deputado federal João Campos, Max e Dorinha. O prefeito da cidade, Fábio e Vaz e o prefeito de São Salvador do Tocantins, Charles Evilácio também compareceram e manifestaram apoio a Sandoval. No domingo, 07, em Jaú do Tocantins, o prefeito Onassys Moreira também declarou apoio a Cardoso.