Polí­tica

Foto: Divulgação

O governador Sandoval Cardoso (SD), candidato à reeleição pela coligação “A mudança que a gente vê”, compareceu na tarde desta terça-feira, 9, na Sabatina que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), está realizando com todos os candidatos a governador do Tocantins.

Seguindo as regras estabelecidas pela entidade, Sandoval utilizou os 20 minutos iniciais para se apresentar e pontuar algumas de suas propostas, dentre elas o fortalecimento da parceria com todos os municípios, visando “refundar” as cidades tocantinenses. “Precisamos fazer um grande investimento na infraestrutura das cidades, primeiro na pavimentação, que já estamos realizando, em seguida na construção de praças, quadras esportivas, escolas, universidades e empregos. Dotando as cidades de estrutura para melhoria da qualidade de vida, vai evitar que os jovens deixem suas cidades e migrem para outras em busca de oportunidades”, afirmou.

Sandoval disse que a primeira parte deste projeto já está sendo executado, que é o investimento na recuperação da malha viária das cidades e a construção de camada asfáltica onde não existe esse revestimento. "Vamos recuperar 100% das ruas das nossas cidades, já temos o dinheiro em caixa e estamos trabalhando. Começamos das cidades maiores e o serviço caminha para atender também as menores. Todas as cidades serão beneficiadas”, disse.

Sandoval ainda respondeu questionamentos sobre os problemas da Saúde, quando esclareceu que o principal gargalo do setor é espaço físico e a falta de um sistema de gerenciamento do estoque regulador de medicamentos. Sandoval reafirmou que o setor sofreu um “apagão” de investimentos no setor nos últimos 10 anos e informou que já deu início à construção de mais de 800 leitos e já conseguiu recursos para aquisição do sistema que vai proporcionar eliminar o problema de desabastecimento nos hospitais.

Sandoval Cardoso respondeu ainda sobre o pagamento de precatórios. “A intenção é cumprir todos os compromissos, sem desequilibrar as contas do Estado. Temos prioridades como manter a saúde, a segurança, a educação. Nossa ideia é ampliar a arrecadação para que o Estado possa arcar com todos esses compromissos”, afirmou.

Sandoval também foi questionado sobre os investimentos que pretende fazer para combater a superlotação nos presídios e obter uma ressocialização satisfatória dos egressos. “Assim como na saúde há mais de 10 anos o Tocantins não vê ser construído uma unidade prisional. Já conseguimos os recursos e estamos finalizando a licitação para uma nova penitenciária em Aparecida do Rio Negro. Resolvido o problema do espaço físico partiremos para a etapa da ressocialização, para que essas pessoas sejam reintegradas à sociedade e tenham oportunidade de não mais cometer delitos”, finalizou. 

Por: Redação

Tags: Eleição 2014, OAB, Sabatina, Sandoval Cardoso