Empregos e Serviços

Foto: Divulgação

Os funcionários dos Correios do Estado do Tocantins avaliaram e rejeitaram proposta apresentada pela Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), decidindo pela deflagração de greve em todas as unidades do Tocantins a partir desta quarta-feira, 17 por tempo indeterminado.

A decisão veio após acontecerem assembleias nas maiores cidades do Estado (Araguaína, Colinas, Guaraí, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso e Palmas) onde foram deliberadas as mais diversas situações acerca da Campanha Salarial 2014/2015, segundo o Sindicato dos Trabalhadores nos Correios (Sintect).

Entenda

Os funcionários esperam que a ECT reajuste a inflação de 1° de agosto de 2013 a 1° de agosto de 2014, que haja um aumento linear de R$ 300 para todos os funcionários e 10% de aumento salarial, segundo Daniel Pereira.

Essa já é a segunda proposta apresentada pela Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), rejeitada pelos funcionários em Assembleia.