Polí­tica

Foto: Divulgação

Um dos principais programas do governo da petista Dilma Rousseff, O PAC – Programa de Aceleração do Crescimento levou desenvolvimento ao cidadão do Estado do Tocantins. Com ações descentralizadas, a gestão municipal ganhou força e apoio para a concretização de projetos de infraestrutura na em sua região. No Tocantins, 136 municípios foram beneficiados com retroescavadeiras, motoniveladoras e caminhões caçamba. (investimento de R$ 113.227.314,00).

A partir de 2011, com o Programa Luz para Todos, foram realizadas 19.756 ligações com investimentos de R$ 100.284.270,00 onde 6.154 ligações foram direcionadas para famílias extremamente pobres.

O impacto dos investimentos realizados no âmbito do PAC (1 e 2) no Estado, seja direta ou indiretamente (investimentos regionais), foi de cerca de R$ 28 bilhões, distribuídos em transmissão e geração de energia elétrica, ferrovias, financiamento habitacional SBPE, recursos hídricos, Luz para Todos, estradas vicinais, Minha Casa Minha Vida 2, rodovias, habitação, entre outros.

 Mobilidade Urbana

Investimentos em mobilidade urbana foram direcionados para a Capital do Tocantins. Um valor de R$ 466,2 milhões foi direcionado para a implantação do Bus Rapid Transit - BRT em Palmas com 27,2 km de extensão no sentido norte-sul, para Corredores de Ônibus, sendo um preferencial de 3,3 km no Jardim Aureny III – Setor Taquaralto – Jardim Aureny II; e outro preferencial de 3 km na Avenida NS 10 e Terminal Metropolitano, além do Terminal Urbano de Taquaralto.