Polí­cia

Foto: Ascom PF

A Polícia Federal apreendeu na cidade de Riachinho/TO, cerca de 23 mil reais em dinheiro que estavam dentro de um carro durante uma reunião de comitê eleitoral de um candidato a deputado estadual. Ninguém foi preso.

Por volta das 14 horas de sexta-feira, 03, a PF recebeu uma denúncia, e após investigação descobriu que no interior do veículo havia a quantia em espécie.

Foi instaurado Inquérito Policial para apuração do crime previsto no artigo 299 do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965) onde já foram ouvidos oito suspeitos.

A compra de votos ou captação de sufrágio ocorre quando alguém dá, oferece, promete, solicita ou recebe vantagem para obter ou dar voto, ainda que a oferta não seja aceita e pode ser punido com reclusão de até quatro anos e pagamento de cinco a 15 dias-multa.

A partir de hoje, 04 de outubro, a PF intensificou os trabalhos de ronda ostensiva e também velada na capital e cidades do interior do Estado.

A Polícia Federal não divulgou o nome do candidato a deputado estadual. (Ascom PF)