Polí­tica

Foto: Divulgação

Com uma logística que vem sendo preparada há dois anos, logo após as eleições de 2012, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins finaliza os preparativos para oferecer a quase 1 milhão de eleitores tocantinenses uma eleição célere, transparente e segura neste domingo, 5 de outubro.

Cerca de 305 servidores estão envolvidos no processo eleitoral para deixar tudo pronto nos 910 locais de votação distribuídos nas 35 zonas eleitorais do Estado.

Os portões dos locais de votação serão abertos a partir das 8 horas e o encerramento da votação terminará às 17 horas, momento em que serão emitidos os boletins de urna e iniciada a apuração dos votos, que neste ano pode ser conferida em tempo real através do aplicativo “Apuração Eleições 2014”, que poderá ser baixado em smartphones, tabletes e pcs.

Serão utilizadas 4.837 urnas eletrônicas em 3.520 seções eleitorais. Para que não haja nenhuma interrupção na votação, serão disponibilizadas 1.235 urnas de contingência, que serão acionadas caso haja algum problema técnico nas urnas.

A novidade deste ano é a votação biométrica nos dois maiores colégios eleitorais do estado, Palmas (29ª ZE) e Araguaína (34ª ZE), com mais de 230 mil eleitores cadastrados, além das outras quatro Zonas Eleitorais que já oferecem o procedimento, entre elas: Paraíso, Gurupi, Alvorada e Pedro Afonso, perfazendo 388.819 eleitores, o que corresponde a 39% do eleitorado do Estado.

Atendimento ao cidadão

A Justiça Eleitoral do Tocantins também oferecerá ao cidadão a linha gratuita 0800 6486 800 para esclarecer dúvidas, receber denúncias, reclamações e consultas. Outra novidade deste ano é a consulta aos locais de votação por meio do envio de SMS para o número: 28115, no qual o eleitor deverá informar o número do título.

Segurança

A segurança terá o reforço direto de 1984 policiais militares; 66 delegados da Polícia Civil, aproximadamente 70 homens do Exército e 120 policiais federais, que atuarão na Capital e nas 35 Zonas Eleitorais sob a coordenação do Gabinete de Segurança Institucional, instalado na Secretaria do TRE para dar suporte na tomada de decisões sobre ilícitos eleitorais.

O que devo levar?

O voto é obrigatório para eleitores alfabetizados entre 18 e 70 anos, que deverão apresentar documento de identificação com foto e o Título Eleitoral. No dia do pleito a legislação eleitoral permite a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos e adesivos. O eleitor também poderá levar sua colinha para facilitar o registro na urna eletrônica.

Eleitores indígenas

Os eleitores indígenas no Tocantins totalizam cerca de 4.066 eleitores, os quais votarão em 20 seções distribuídas nas aldeias Porteira, Rio Sono e Brejo Comprido, em Tocantínia (5ª ZE); aldeias São José e Mariazinha, em Tocantinópolis (9ª ZE); aldeias Macaúbas, Santa Isabel do Morro, Fontoura, em Lagoa da Confusão (13 ZEª); aldeias Canoanã, Txuiri, em Formoso do Araguaia (15ª ZE); aldeias Rio Vermelho, Pedra Branca, Cachoeira, em          Goiatins ( 32ª ZE); aldeias Manoel Alves Pequeno e Santa Cruz, em Itacajá (33ª ZE) e aldeia Kuhere, em Santa Fé do Araguaia (34ª ZE).

Como faço para justificar o meu voto?

Se você não estiver no seu domicílio (município de votação), por qualquer motivo, deve apresentar justificativa eleitoral comparecendo em qualquer local de votação, no mesmo dia e horário da eleição, ou seja, dia 5 de outubro (1º turno) e dia 26 de outubro (2º turno, se houver), das 8h às 17h.

Se não o fizer no dia da eleição, terá até o dia 4 de dezembro de 2014 para apresentar justificativa no cartório eleitoral. Nos municípios em que houver segundo turno, o eleitor terá até o dia 26 de dezembro de 2014 para justificar sua ausência na segunda votação. (Ascom TRE)