Esporte

Foto: Divulgação

O Conselho Estadual dos Direitos Humanos fez uma visita na tarde desta terça-feira, 28, na sede do Centro de Internação provisória de Palmas - Ceip para verificar uma denuncia feita por familiares de que um adolescente teria sofrido agressão. Após verificar in loco a presidente do Conselho, Fátima Dourado disse ao Conexão Tocantins que foi constatado que o menor em questão já chegou no local machucado. Fátima é também Coordenadora do Centro de Referência em Direitos Humanos.

“Encontramos um adolescente que foi torturado mas não foi no Ceip e foi entregue pela Polícia”, explicou. O Conselho alega que o menor está com várias lesões pelo corpo que teriam sido feitas durante sua condução para o local neste final de semana. O menor é acusado de furto qualificado.

Após a visita o conselho vai solicitar a apuração do fato ao Ministério Público Estadual sob acusação de crime de tortura.

A Secretaria da Defesa Social informou ao Conexão Tocantins que o menor já chegou no Case machucado e que só foi encaminhado para o local após fazer um exame de corpo de delito. O menor faz consultas frequentes ao médico para tratamento.

A pasta informou ainda que essa é a terceira passagem do menor pelo sistema socioeducativo que evadiu recentemente do regime.