Economia

Foto: Valério Zelaya

Visando ampliar a liberação de crédito ao pequeno e microempreendedor, a Prefeitura Municipal de Palmas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Emprego, e a Caixa Econômica Federal acertaram os últimos detalhes para o contrato de convênio para liberação de crédito para pequenos empreendedores na manhã desta quarta-feira, 29, na sala de reuniões do Banco do Povo.

O convênio será executado pelo Banco do Povo, que terá a função de assessoramento e captação dos clientes, enquanto a Caixa Econômica Federal será a instituição financiadora dos procedimentos bancários. A modalidade que trata o convênio é o “Microcrédito Produtivo Orientado Crescer Caixa”, que atende tanto  pessoas físicas quanto jurídicas.

Para a pessoa física, o primeiro empreendimento disponibilizado será o de capital de giro de R$ 2.000,00, dividido em seis parcelas, podendo ser renovado após o pagamento da 4ª parcela (pagamento em dia), com mais R$ 2.000,00, em 12 parcelas, na modalidade denominada investimento. Para a pessoa Jurídica funciona da mesma forma, a diferença é que o segundo financiamento poderá ser feito com até 4.000,00, todos com os juros a.m. de 0,4 %.

A documentação exigida para pessoa física é RG e CPF, Comprovante de Residência e Comprovante de Renda (se houver). Para pessoas físicas, CNPJ, Certificado de Microempreendedor, Extrato do Simples (se houver), RG e CPF, Comprovante de Residência, Comprovante de Estado Civil (se houver), RG e CPF do Cônjuge (se houver).

Importância

Para a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Cleide Brandão, esse convênio é um importante aliado da Prefeitura para fomentar o desenvolvimento do pequeno e microempreendedor. “Nós estamos preparando nossos pequenos empreendedores para o crescimento, para que busquem a formalidade e, também, sejam um os nossos fornecedores nas compras governamentais”, enfatizou a gestora.

O Gerente Regional, Vandeir da Silva Ferreira ressaltou a importância em ter a Prefeitura como parceira neste convênio, pois, segundo ela, é importante ter essa proximidade de quem realmente precisa do crédito. “Com este convênio vamos realmente estar ao lado dos pequenos empreendedores, e o assessoramento da Prefeitura é necessário para a formalização desses”, disse o gerente. (Secom Palmas)