Esporte

Foto: Lucas Nascimento Alunos atletas do Tocantins retornaram dos Jogos Escolares da Juventude e foram recebidos na Seduc pela subsecretária Jucylene Borba Alunos atletas do Tocantins retornaram dos Jogos Escolares da Juventude e foram recebidos na Seduc pela subsecretária Jucylene Borba

Os alunos atletas do Tocantins que competiram nas modalidades individuais dos Jogos Escolares da Juventude, realizado em João Pessoa/PB, retornaram ao Estado nesta terça-feira, 11, com a bagagem cheia de boas experiências. Os estudantes de 15 a 17 anos, representaram o Estado nas competições de atletismo, vôlei de praia, judô, ciclismo, natação, xadrez e ginástica rítmica.

Ao desembarcarem na capital, parte do grupo foi recebido na Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) pela subsecretária de Educação e Cultura, Jucylene Borba. O estudante Arthur de Souza Demori, de 16 anos, foi um deles. Disputando o título no tênis de mesa, ele foi eleito atleta destaque na competição. “Fiquei surpreendido por ser escolhido como destaque. O nível dos competidores era muito alto. Em equipe ficamos em 7º lugar, e ganhamos muito em experiência, voltamos mais motivados para treinar e jogar, os outros atletas nos deram conselhos e dicas para melhorarmos”, afirmou.

A dupla de vôlei de praia do Instituto Presbiteriano Vale do Sol, de Paraíso, também retornou ao Estado com boas recordações. Mikaele Assis Moreira e Wanney Kelly Barbosa Alves, ambas de 17 anos, ficaram em 4º lugar no ranking nacional. “Participar dos jogos escolares nos proporcionou muitas experiências, por estar entre atletas de alto nível”, disse a estudante Mikaele.

De acordo com o professor de Educação Física e treinador das atletas do vôlei de praia, Francisco Leone, 25 duplas participaram da competição e o Tocantins venceu quatro dos seis jogos que disputou. “O resultado nos deixou animados, foi uma competição com atletas de alto nível, e o resultado é expressivo, porque saímos da 18ª posição para a 4ª e, com isso, colocamos o Tocantins em evidência. E já temos duplas para trabalhar até 2017”, ressaltou o professor. 

Para a subsecretária Jucylene Borba, a atuação dos professores e alunos é motivo de orgulho e deve ser estimulada para que o potencial e as habilidades dos estudantes para o esporte sejam aprimorados. “É muito importante para esses jovens participarem das competições escolares nacionais pela bagagem cultural, para enriquecer a prática esportiva, e é muito bom percebermos no olhar dos professores a satisfação pelo trabalho cumprido e pelos resultados alcançados”, enfatizou.

Jogos escolares

Os Jogos Escolares da Juventude tiveram início no dia 6 de novembro e seguem até o próximo sábado, 15. Cerca de quatro mil estudantes participam das disputas em 13 modalidades esportivas. A competição é organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil, com o auxilio do Ministério do Esporte, e é um evento caracterizado por relevar talentos nos esporte brasileiro.

Nesta terça-feira, 11, tiveram início os jogos nas modalidades coletivas, com competições no basquete, futsal, handebol e vôlei, tanto masculino, como  feminino. Ao todo, 109 alunos atletas do Estado participam dos Jogos.São 73 inscritos nas modalidades coletivas e outros 36 competiram nas provas individuais. (Ascom Seduc)